Saiba sobre o comportamento de compra atual

Posted by Monalisa in Advertiser News, Online Marketing Trends, Products, Solutions & Tools , August 25th, 2014


Desde o surgimento do shopping online, o nosso jeito de comprar produtos, tem mudado significativamente.


O “showroom” é um modo popular para comprar mercadoria. As pessoas comparecem nas lojas para experimentar novos produtos e depois comprar através do site conseguindo receber um melhor preço. Isto pode parecer uma ameaça para alguns varejistas que trabalham com lojas físicas. Embora o 73% dos consumidores americanos gostam do conceito de showrooming, existe um 88% que curte o conceito: “webrooming”. Neste caso, os consumidores procuram pelos produtos online e voltam para a loja para comprá-los. Este assunto é conhecido também como efeito ROPO. Com uma estratégia dedicada a lojas online e uma aproximação de vendas, os varejistas podem influenciar no poder de compra online. Tanto o mobile quanto os beacons mantêm um papel importante na criação de formas inovadoras  para conectar cadeias de compra online e offline.

Na rede zanox, os afiliados gostam da proposta online de Vouchercloud para apresentar soluções. Falecom seu contato na zanox para mais informações.

Como começar a otimizar a conversão

Posted by Monalisa in Online Marketing Trends, Web Services , August 20th, 2014

Como posso incrementar as minhas transações? Deve ser uma questão que você se pergunta com frequência. Existe uma solução para aumentar as suas transações com a mesma quantidade de tráfego: otimização da conversão.  Conseguindo mais visitantes que cliquem e comprem, você terá uma melhor performance com a mesma quantidade de tráfego. Algumas mudanças no design ou conteúdo podem gerar um maior impacto nas suas conversões.  Use a otimização da conversão no seu dia-a-dia seguindo este projeto.

1.       Analize a situação atual

Navegue nas suas estatísticas para conferir se existe algum tipo de congestionamento no seu website. Analize pausadamente onde pode existir (pequenas) mudanças para serem otimizadas. Concentre sua atenção em fatores que fortaleçam seus objetivos de negócio.

Use diferentes tipos de relatórios para  obter melhores resultados do que você tem no seu site atualmente. Esses são alguns tipos de relatórios.

 

       2. Priorizar

Os relatórios listados acima, aprensentam um panorama do status atual do seu website. Faça anotações de tudo o que precisa otimizar e junte tudo antes de priorizar. Pode ser navegação, um link ou um botão qualquer, uma landing page completa, o layout, informação tecnica (exemplo: aumentar a velocidade) ou o uso do seu motor de busca. Pense também em mudar as cores, palavras (títulos) e design.

Priorize, baseado no tráfego de uma página específica, no potencial de desenvolvimento e no esforço e tempo necessário (de outros departamentos). Comece por optimizar pequenos problemas que precisam de menos esforço, mas que possuem alto potencial

 

3.       Implemente A/B – ou teste multivariado

 Defina seus objetivos e KPIs e faça um brainstorming para ter ideas de otimização concretas. Como pode solucionar os seus congestionamentos? Crie uma nova versão de elementos. Faça um teste com  (A/B) ou com mais (testes multivariados) versões e aguarde por resultados significativos. As ferramentas de otimização estão  sendo cada vez mais utilizadas  e são fáceis de  implementar. (exemplo: optmizely.com)

 

4.       Avalie

A melhor parte de fazer testes, é a avaliação. Qual versão teve um melhor desempenho? Mantenha a versão de melhor performance e continue testanto para alcançar melhores resultados!

 

Performance Mobile: Transações por minuto

Posted by Monalisa in Online Marketing Trends, Publisher News, Solutions & Tools, Statistics, Web Services , August 20th, 2014

O método mobile é simplesmente fantástico – é um fenômeno dominante hoje em dia. Mas, o que isso significa para o marketing de afiliação? Excelentes notícias! No mês passado, foram geradas,  através da rede zanox, 13 transações mobile por minuto. Durante todo o mês de Julho alcançou 580.320 transações.

Os números de julho para o ano 2014 mostraram um aumento de 62,5% comparado com Julho de 2013.

Quer saber mais sobre os números mobile da zanox, fique atento ao Barômetro da performance mobile, que mostra os números de Junho 2014. Em breve!

A concepção errada do tracking – Métodos, impacto do consumidor e privacidade de dados no Marketing de Afiliados

Posted by Monalisa in Solutions & Tools, Web Services, zanox company , August 14th, 2014

Um estudo recente das Universidades Princeton e KU Leuven, revelou uma discussão em relação ao tracking e a privacidade de dados.  Na Zanox, assim como a maioria dos players no setor de Marketing de Afiliados,  gostamos de esclarecer a forma como realizamos o rastreo de eventos de publicidade, resulting clicks e transações.

O tracking anônimo representa o foco principal do Marketing de Afiliados, onde o objetivo é direcionar ad media relevante para os consumidores e que possam gerar uma venda ou lead. Os afiliados que expõem ad media contextual mediante modelos diferentes, exemplo: preços comparativos ou conteúdo de blog, entregam valor tanto para os consumidores quanto para os anunciantes. Neste panorama, os diferentes métodos de tracking, garantem que os afiliados serão recompensados pelo trabalho. Para combinar um evento de transação do consumidor – uma venda/ou lead para o anunciante – o tracking é um elemento essencial. O cálculo das comissões é baseado em informação anônima do evento, como a exposição de uma publicidade ou eventos. A zanox respeita as regulações industriais e a privacidade de dados, nenhum tipo de informação ou dados pessoais são armazenados.

Como rastreamos na zanox?

 A zanox proporciona vários métodos de tracking para garantir a responsabilidade e confiabilidade dos nossos serviços de tracking. O nosso tracking está formado por ID tracking, cookie tracking e fingerprint tracking. Estes métodos são constantemente monitorados e aderidos às regulações de segurança e privacidade de dados. Mais informação sobre opções (opt-out) de comportamento publicitário online pode ser encontrada aqui.


O fingerprint tracking da zanox é um método passivo que cria uma “assinatura digital” para identificar se uma transação foi gerada de uma publicidade de um dos nossos afiliados. Esta assinatura digital é baseada em “usuários agentes” e “valores hashed” gerados por muitos “protocol layers”. Permite a reconfiguração quando o usuário final realiza pequenos ajustes como por exemplo: a instalação de um add-on browser.  Geralmente, a vida útil deste tipo de assinatura é menor do que o tempo de retorno(tempo de retorno aka cookie) da conversão do tracking. Isto significa, o tempo que a transação leva para ser contabilizada por um afiliado.

A zanox não usa o LSO ou a versão canvas HTML5. Além disso, os cookies eliminados fisicamente, não são substituídos por um outro método de tracking, quer dizer que os conhecidos “evercookies” não são utilizados ou implementados na zanox.

Como a zanox garante a privacidade de dados?

 Considerando que a privacidade de dados, a confiança e transparência representam nossos pilares para o sucesso, tomamos todas as medidas possíveis para garantir e aplicar às regulações de segurança e de privacidade de dados.

Nossa Rede de Código de Conduta manifesta a forma como nós e nossos parceiros – anunciantes, agências e afiliados – levamos nossos negócios. Uma equipe dedicada da zanox é responsável pela conformidade do código de conduta da zanox.

Além das medidas específicas da rede, achamos importante conhecer os standards da indústria na confiança e transparência. Portanto,  a zanox tem certificados de parceria com iniciativas na área de transparência e privacidade:


Saiba mais sobre este tema:

http://blog.zanox.com/en/zanox/2013/05/17/war-of-the-cookies/

http://blog.zanox.com/en/zanox/2013/09/11/zanox-introduces-tpv-fingerprint-tracking/

Barômetro da performance mobile da zanox 2013

Posted by Monalisa in Online Marketing Trends, Products, Statistics , August 14th, 2014

A Europa está ainda trabalhando no m-commerce- sem previsão de mudanças

  • Taxas extraordinárias de crescimento: 64% em transações mobile, 95% em receitas  mobile

  • Os consumidores confiam ainda mais no mobile pelo crescimento de compra na plataforma

  • Android contra-ataca

  • “O ano da viagem” com poderosos players mobile do lado de afiliados e anunciantes


O que é o barômetro da performance mobile da zanox?

O barômetro da performance mobile da zanox analisa a informação de sete mercados europeus (Benelux, oeste da Europa, França, Alemanha, Itália, Escandinávia e Espanha), mostrando o desenvolvimento, tendências e comportamento do consumidor no m-commerce tanto do ano 2013, quanto do ano 2014.

Está baseado em fatos fundamentados pelos dados das transações mobile da zanox e pelos rendimentos gerados na nossa  rede. Não foram realizadas pesquisas, nem opiniões de especialistas para gerar resultados – só fatos.


Receitas mobile a transações mobile em 2013

O crescimento extraordinário das taxas indica o sucesso do ano 2013 na performance mobile

O crescimento do m-commerce europeu continuou sua trajetória no ano 2013, com um aumento excepcional das transações mobile de 64% a 95% comparado com o ano 2012. Podemos assumir que a confiança nos dispositivos mobile tem aumentado graças ao crescimento dos valores decorrentes. Essa informação está baseada no aumento desproporcionado dos rendimentos mobile contra as transações mobile. No entanto, os consumidores têm maior confiança para comprar produtos mais caros  através dos dispositivos mobile.


Este gráfico apresenta as inovações e desenvolvimentos dos anunciantes e afiliados. No caso dos anunciantes, o número deaplicativosaumentou no ano 2013, por outro lado, novos afiliados mobile lançaram e desenvolveram seus negócios no mesmo ano. Além disso, existe um maior uso de dispositivos mobile por parte do usuário, pois o funcionamento mobile tem se tornado uma plataforma segura para transações. Este crescimento da confiança por este meio, é representado por  maiores valores decorrentes. A participação dos rendimentos mobile aumentou 8% em  2013 na média da zanox, comparado com o 6% em 2012. Esta tendência está ainda em aumento no ano 2014. Neste momento, enxergamos um aumento de dois terços nas transações.


Outro grande acontecimento pode ser visualizado nos rendimentos gerados através de dispositivos mobile para Janeiro de 2013 (5,8%) versus Janeiro 2014 (11,1%). Vale a pena considerar a comparação entre dezembro 2013 (9,2%) e janeiro 2014(11,1%). Essa é uma reação em cadeia da chamada “tablet natal?”


Estes resultados interesantes nos fazem pensar que 2014 será um ano importante para a performance mobile.

“Durante os últimos anos, temos observado uma tendência de crescimento nas compras mobile – que ainda continua. Vários consumidores têm mais interesse nas compras mobile. O alcance crescente dos dispositivos mobile, as novas soluções de compra via mobile e a facilidade de uso permitem ao usuario optar por comprar através de dispositivos mobile” afirma Thomas Joosten, CEO da zanox. “ O nosso objetivo é construir relacionamentos douradoros entre anunciantes e afiliados para entregar um melhor atendimento ao consumidor – sem importar o lugar onde eles decidirem comprar. No futuro, veremos uma ótima integração do e-commerce, m-commerce e a experiência de comprar offline. Este fato vai facilitar a inovação e desenvolvimento em todos os níveis possíveis, com maior foco no mobile”


Se formos comparar os rendimentos mobile (2013) e o crescimento dos mesmos (2012-1013) ano a ano na Europa,  a Escandinávia é novamente o precursor de ambos critérios (15% de participação dos rendimentos mobile, 116% de crescimento ano a ano dos rendimentos). Porém, foi necessário um olhar preciso com Benelux, com uma parcela de 14% da receita de mobile e um crescimento de 119% ano a ano. Estes dados mostram que enquanto ambos mercados aumentam sua performance em mobile, eles ainda possuem potencial para crescer mais.

Benelux (9% em 2012 até 14% em 2013) e Escandinávia ( 10% em 2012 até 15% em 2013), aumentaram notavelmente sua participação mobile de rendimentos, seguidos da Espanha (7% em 2012 até 10% em 2013). Geralmente, todos os países mostraram um crescimento significativo dos rendimentos mobile em 2013, comparado com o 2012



O gráfico indica o crescimento potencial de rendimentos mobile que todos os mercados têm ano a ano. No ano 2013, todos os mercados cresceram, em média, 85% aproximadamente. Os líderes deste desenvolvimento são Benelux, Escandinávia e o Oeste da Europa. Existem ainda muitas oportunidades, principalmente quando os últimos desenvolvimentos do mercado dos tablets são considerados. Com tablets novos e mais acessíveis, o m-commerce continua sua expanssão para alcançar novos níveis – uma tendência que já observamos no início do ano 2014.


 A performance das indústrias: As viagens lideram na área com o aumento da receita mobile (2012 vs. 2013)

Quando se trata do colapso da indústria para as receitas mobile, a Europa é tudo, menos  um mercado homogêneo, a pesar de que, no ano 2012, a média da zanox apresentou um crescimento em todas as indústrias em 2013. As viagens lideram na área com um aumento de 185%,  seguidas pelos serviços financeiros (162%). Telco & Services (114%) e Retail & Shopping (81%) apresentam taxas menores de crescimento. Isto é explicado pelo fato de que as indústrias mencionadas, já indicaram em anos passados, uma performance mobile consolidada. Portanto, é mais difícil registrar uma taxa maior de crescimento.


Apesar do crescimento de quase todas as indústrias em mobile performance em 2013, as taxas variam de país a país. O oeste da Europa causou um grande impacto no aumento da receita por viagens com mais de 1.000% comparando o 2012 e 2013. Este aumento da performance foi possível graças a vários programas de viagens e agências de viagens online que apareceram no final de 2012 e 2013.

“Além de gerarem recompensas, as nossas vendas na indústria de viagem, aumentaram as receitas mobile. Localmente, as pessoas tendem a reservar suas viagens em dispositivos mobile. Sem dúvida, os tablets são agora os maiores participantes desta tendência”, disse Tomasz Karolak, Country Manager Polônia.

O Oeste da Europa lidera a lista de crescimento de 2013 em Retail & Shopping com um valor extraordinário de 331%. Na Alemanha, todas as indústrias têm mostrado altas taxas de crecimento com 328% (Viagens). Na verdade, a performance alemã ultrapassa a média da zanox, portanto, sua posição é representativa no panorama europeu do m-commerce.

Parte da receita para cada dispositivo: O ipad é ainda o líder – O sistema Android chegou perto no início do 2014

Em 2013, uma parte da receita mobile (30%) de Android representou quase o dobro daquela gerada pelo iphone(16%). Falando de celulares, o sistema Android foi o líder em 2013. Porém, em 2012, ambos dispositivos lideraram em mesmo nível. Se adicionar o iPad na equação, 53% da parcela, os rendimentos gerados pelos dispositivos da Apple claramente excedem a performance do Android por um fator aproiximado de 2.5 (iPhone e iPad = 69%).


Observando os desenvolvimentos em 2013, os rendimentos gerados por cada dispositivo permaneceram constantes, porém, essas cifras mudaram no início do 2014. Enquanto todos os dispositivos aumentam sua parte, o ipad está perdendo participação porque  os tablets Android serão vendidos antes do Natal. Aliás, eles já foram oferecidos como presentes de Natal no ano passado.  Os consumidores  estão dirigindo suas preferências de compra de dispositivos de outras marcas diferentes do Ipad. A expectativa do Android é ter um maior alcance, tanto em tablets, como também em um maior mercado de consumo. Portanto, a previsão de crescimento do Android continuará a até o final de 2014.


Transações do sistema operativo por país:

É um jogo entre iOS e Android! Dentro de um ano,  o sistema operativo Android ganhou maior participação do que iOS. Apesar de ser ainda o líder, a participação iOS caiu de 67% (2012) a 62%(2013), comparada com a do Android (29% em 2012, 35% em 2013), e a participação de outros dispositivos manteve-se estável.

Visto desde a perspectiva de um país, iOS acrescenta sua participação no Oesta da Europa.  Apesar de ter sido o líder deste mercado em 2012 (65% vs. iOS 26%), Android, apresentou outro panorama em 2013: iOS (45%) e Android(47%) concorrendo na geração de transações mobile.

Alemanha perdeu sua primeira posição como principal mercado iOS. Em 2012, 75% de todas as transações mobile eram registradas em iOS. A vantagem que Android tinha na época, resultou numa diminução de 57% para iOS. Por outro lado, os principais consumidores de produtos iOS atualmente são: França(62%), Benelux(64%) e Escandinávia(68%).

A Espanha ainda representa o melhor indicador de consumo mobile para Android.  A pesar do 10% de aumento nas compras iOS , os consumidores espanhóis têm mais afinidade pelos dispositivos Android (62%), comparado com 2012. Mesmo assim, a Espanha se encontra abaixo da média da Europa nesse tipo de cálculo.


Média dos valores decorrentes por dispositivo: o Ipad lidera com 78€ em 2013, seguido do iphone com 52€ por cada ordem

Depois de examinar as tendências em termos da média dos valores decorrentes por dispositivo, é possível observar um crescimento constante ano a ano desde 2012 a  Q1 2014.  A média dos valores decorrentes de 78 € para o Ipad em 2013, não é motivo de surpresa, mas sim o aumento de 10 € em  Q1 2014. Portanto, podemos assumir que os níveis de confiança por parte do consumidor têm melhorado para o Ipad, resultando em aumentos dos valores decorrentes de todos os dispositivos.

Vale a pena dar uma olhada nos smartphones: o crescimento constante dos valores decorrentes (62€) do Iphone em  Q1 2014, indica que os consumidores têm maior afinidade em comprar dispositivos mobile mais caros pela confiança que eles entregam. Neste caso, o Iphone se encontra ainda na posição de líder; os usuários do Iphone têm maior poder de compra – dados apresentados na tabela embaixo. Porém, este panorama parece mudar devido ao aumento dos valores decorrentes de todos os dispositivos.


Analisando o aumento da média dos valores decorrentes entre 2012 e 2013, existe uma tendência admirável de Android (aproximadamente 20%), indicando um crescimento potencial. O Ipad apresentou o crescimento mais baixo do mercado, apesar de ser o dispositivo mais comprado dos últimos anos.

“O barômetro da performance mobile da zanox”

A rede internacional de publicidade da zanox, proporciona a maior e mais relevante plataforma europea que analisa  as novas tendências e desenvolvimentos do e-commerce e m-commerce,  usando um modelo de negócio baseado em transações.

A análise é baseada na estimação de 1000 programas de anunciantes em sete diferentes mercados europeus (Benelux, Oeste da Europa, França, Alemanha, Itália, Escandinávia e Espanha). Com isto, os resultados do “barômetro” da performance mobile de Zanox provém dados decisivos para mudanças na participação no mercado e os hábitos de uso no m-commerce o barômetro da performance mobile da zanox é claramente um padrão dos desenvolvimentos  no m-commerce – que não são baseados nas projeções, pesquisas ou opiniões de especialistas, mas sim, nas transações do consumidor; Em outras palavras, nas compras, nos encerramentos dos contratos ou nas subscripções.

Como escrever conteúdo que incentive as intenções dos compradores

Posted by Monalisa in Solutions & Tools, Web Services , August 11th, 2014

Para ter sucesso como afiliado de conteúdo  tanto nos motores de busca quanto nos seus visitantes, é muito importante criar conteúdo exclusivo. Tanto seus rankings, quanto seus visitantes aumentarão significativemente. Como um empreendedor bem-sucedido, você quer converter todos os visitantes em compradores.  Esses cinco passos vão permitir que seus visitantes estejam mais motivados a comprarem e seu balance da conta aumentará!

1.       Conheça os interesses dos seus visitantes

Descubra que tipo de informação seus visitantes preferem receber. Analise a su audiência – quais são as necessidades? Você pode usar o Google trends nos seus resultados de busca internos ( como configurar no Google Analytics) para saber o que os visitantes estão procurando. Analise o conteúdo da sua concorrência e tente se aproximar.

Neste ponto, não foque seus esforços em produtos e serviços, mas sim, em tópicos que fazem os visitantes voltarem.

2.       Ligue os interesses com as preocupações dos compradores

Identifique os produtos e serviços que melhor se adaptam às necessidades dos seus visitantes. Que tipo de produtos e serviços ajudam aos seus visitantes a resolverem os problemas? No caso dos afiliados, não concentre sua atenção em um grupo pequeno de anunciantes, mas sim, nos nichos de anunciantes.

   3. Crie conteúdo relevante que incentive as intenções dos compradores

O objetivo é criar conteúdo que seja interessante e agradável para ler e não simplesmente uma venda. O que é exatamente o valor agregado do produto ou serviço que você sugere os visitantes comprarem e que tipo de valor agregado você pode oferecer com seu conhecimento? É recomendável fazer uma lista com as vantagens e desvantagens. Não esqueça de incluir uma call-to-action!

4. Cative os visitantes no processo de compra com seu conteúdo

Assegure-se de que seu conteúdo seja lido pelos seus visitantes no momento certo. Quando existirá uma maior intenção para comprar os produtos e serviços? Pense nas diferentes temporadas, eventos especiais e a influência do clima. Use os canais de marketing para espalhar o conteúdo. Otimize seu conteúdo para o SEO, foque sua atenção em palavras chave relevantes nos motores de busca, divulgue seu conteúdo em social media e integre-o nas newsletters.

 5. Acompanhe os resultados e faça um teste

“Testar” é a palavra chave do marketing online. Para descubrir qual call-to-action funciona melhor, recomendamos usar o GPP-tracking da zanox. Com o uso de vários rótulos para cada tracking link, você consegue saber qual link converteu melhor. Confira suas estatísticas regularmente e aprenda dos seus resultados.

 

 

FELIZ ANIVERSÁRIO, zanox!

Posted by Monalisa in Events, zanox group , August 2nd, 2014


Desde de 2005, atendemos o mercado brasileiro e essa semana completamos 3 anos da abertura do nosso escritório no Brasil.


Nesses últimos anos, buscamos entender o mercado e a concorrência locais, apoiados na tecnologia e know-how europeus. Consolidamos nossa posição e conquistamos o primeiro lugar entre os concorrentes brasileiros. Já somos também a melhor rede para clientes como Máquina de Vendas, TAM, Centauro, Netshoes e Hotel Urbano, e muitos clientes trabalham conosco de forma exclusiva – como é o caso do grande retailer Magazine Luiza. Novos modelos de serviços online como OLX e Bom Negócio, também já rentabilizam com a zanox. Em alguns clientes conseguimos um crescimento exponencial. Dafiti, por exemplo, crescemos de janeiro até junho 84%.

Os frutos são positivos e contamos que muito mais venha por aí: para comemorar esses três anos abrimos a parceria com o grupo B2W e Nova.com, os dois mais importantes grupos de e-commerce do país.

Gostaríamos de agradecer a confiança depositada em nós pelos nossos afiliados e esperamos que essas parcerias só continuem crescendo junto conosco.

Info Graphic – O uso do vídeo

Posted by Monalisa in Online Marketing Trends , July 30th, 2014

Você já está se beneficiando do poder dos vídeos online?

Nos próximos 4 anos, os vídeos estão previstos para serem os grandes responsáveis pelo aumento de tráfego na internet. O Youtube, o segundo maior motor de busca, destaca a importância deste fato. Atualmente, 1 de cada 5 vídeos é assistido em dispositivos móveis. Alguns programas como Vine já estão se beneficiando da combinação perfeita de mobile e vídeo.

Assegure-se de manter a sua estratégia de vídeo organizada para se beneficiar da importância deste canal. Na zanox, já contamos com vídeos e GIFs no nosso ad media. Pense também na social media e seu homepage – os vídeos aumentam a conversão e prolongam a duração da visita. Além disso, lhe ajudam a se diferenciar da concorrência e permitem que você possa se relacionar melhor com  seus clientes. É importante ressaltar, que os vídeos entregam uma ótima imagem para o seu negócio e o fazem mais tangível – é assim que até os tópicos mais complicados, serão mais fáceis de compreender.

 

Product Data feed: O que fazer e não fazer com a sua estratégia SEO

Posted by Monalisa in Online Marketing Trends, Products, Solutions & Tools, Web Services , July 23rd, 2014

O “Product data feed” representa uma diferença notável para seu sucesso. No caso do varejo, aproximadamente 15% de todos seus rendimentos são gerados via o product data! Em outras indústrias o product data feed também existe para ajudar os consumidores a acharem produtos relevantes para aumentar sua conversão.

Um product data feed pode ser visto como uma versão digital de catálogo. É uma ótima solução de ad media para apresentar vários produtos no seu site. Alguns afiliados usam este processo combinando e comparando produtos; Imagine uma lista dos 10 favoritos. Um feed pode ser integrado no conteúdo atual do site que aumenta a conversão substancialmente. Quanto mais relevante a informação do produto for, mais alta a conversão será.

Hoje vamos compartilhar algumas das nossas melhores práticas de como se beneficiar do product data feed sem prejudicar sua estratégia SEO.

1.       Evite ter conteúdo interno e externo duplicado

O product data feed possui algumas descrições que você pode usar para incluir no seu site. Se você implementar essas descrições sem ter feito os ajustes necessários, o mesmo conteúdo será apresentado em vários sites. O resultado será  a obtenção de conteúdo duplicado que os motores de busca como Google e outros, não gostam de ver. Você se expõe a perder relevância na indexação.

Tanto o conteúdo duplicado quanto o conteúdo interno podem  prejudicar seu SEO, resultando em rankings menores.  O conteúdo interno duplicado aparece quando o mesmo é mostrado em várias páginas do seu site. Vamos supor que você tem um site de sapatos e usa o product data feed. Quando os mesmos sapatos aparecerem em mútliplas categorias com diferentes URLs, significa que você tem conteúdo similar em páginas diferentes.

É importante ajustar as descrições do produto antes de implementá-las no seu site para evitar a perda de relevância. Amplie as descrições do produto com sua própria opinião, com informação sobre o webshop que o está vendendo (tempo de entrega, custos de envio, métodos de pagamento, etc) ou também receba  os comentários da sua comunidade.

2.       Adicione o product data feed passo-a-passo

No momento de implementar o product data feed, é possível expor todos os produtos ao mesmo tempo no seu site. O Product data feed abrange muitos produtos, portanto, isto pode causar uma informação e sobrecarga de produtos. Recomendamos adicionar produtos passo-a-passo no seu site para facilitar o processo de formação de conteúdo.

3.       O produto não está mais disponível. O que fazer?

A página atual do produto já criou relevância. Se o produto não estiver disponível no seu site, pode ocasionar frustração para seus visitantes e também o SEO será prejudicado. Pode evitar este problema da seguinte maneira:

– Indicando que o produto não está mais disponível na página do produto. Assegure-se de oferecer aos visitantes um número relacionado e / ou similar de produtos. Com o Product data feed, isto é realmente fácil de implementar! – Criando um redirecionamento a um produto similar. Isto vai evitar que seus visitantes terminem numa página errada e o poder do seu SEO permanecerá redirecionado a outra página.

4.       Crie um conceito único e ofereça valor agregado

Google tem como objetivo principal  brindar uma ótima experiência para o consumidor  mostrando sites relevantes e qualitativos nos resultados de busca. Portanto, é importante pensar no valor agregado do seu site e como ele pode se diferenciar de outros resultados no Google.

  • Crie conteúdo novo e único que possa ajudar os seus visitantes a acharem a melhor informação. Amplie o texto com imagens e vídeos para brindar uma ótima experiência.

  • Conheça os benefícios do conteúdo gerado pelo usuário nas páginas com product data feed, por exemplo, permitindo os usuários deixarem comentários e experiências.

  • Otimize o conteúdo atual – assegure-se que sempre esteja atualizado.

  • Ofereça possibilidades únicas e úteis de filtros para facilitar a a busca do consumidor.

Quanto as compras online no mundo inteiro aumentarão até ano 2016?

Posted by Monalisa in Online Marketing Trends, Statistics , July 11th, 2014

Os gastos do e-Commerce estão previstos para aumentar substancialmente até 2016. A partir do ano 2011 até 2016, todas as regiões do mundo crescerão – tanto em número de compradores digitais quanto em média anual de gastos por comprador digital.

O maior crescimento de compradores digitais é apresentado no Oriente Médio Africano com o 143.7%, seguido da região da Ásia – Pacífico com 95.2%. Porém, o desenvolvimento dessas duas áreas não pode ser comparado tão facilmente, por causa delas  presentarem situações diferentes. Em 2016 a região da Ásia-Pacífico está prevista para ter 653,5 milhões de compradores digitais, enquanto que o Oriente Médio Africano adicionará 73,1 milhões de compradores digitais.

Quando considerar o  gasto médio anual por comprador digital para o ano 2016, assume-se que a América do Norte e a zona oeste da Europa serão líderes com um gasto médio de $2.847 e $2.222 respectivamente.  O gasto médio anual dos compradores digitais da região Ásia – Pacífico, fica em terceiro lugar  no ranking com $1.179 por comprador.

Isto indica que ainda existe muito potencial no futuro do e-commerce.

*valores em USD